By José Ribeiro Ferreira

Show description

Read Online or Download Antologia de poemas de Miguel Torga PDF

Similar nonfiction_5 books

New PDF release: Nancy Wake Biography

Appalled via what she'd noticeable of the Nazis in Berlin and Vienna, Nancy joined a resistance crew in Marseilles aiding to smuggle out escaped British prisoners. via 1943, Nancy had turn into the #1 goal at the Gestapo's such a lot sought after record, and there has been a 5 million-franc rate on her head.

Additional resources for Antologia de poemas de Miguel Torga

Sample text

39 Herculano Há um tamanho de homem que se mede Na sepultura: Cabe ou não cabe no caixão da morte? Mas quando o porte Da criatura Excedo o próprio excesso consentido, Leva tempo a tornar-se natural Que uma grandeza tal Tenha existido. Miguel Torga, Poemas Ibéricos (Coimbra, 1965) Poesia Completa (Dom Quixote, 2000), pp. 725. 40 Liberdade – Liberdade, que estais no céu… Rezava o padre nosso que sabia, A pedir-te, humildemente, O pão de cada dia. Mas a tua bondade omnipotente Nem me ouvia. – Liberdade, que estais na terra… E a minha voz crescia De emoção.

Mas o homem é o centro do infinito Que procura... E quando julga andar longe de si, A combater dragões impessoais, É sempre a mesma luz Que o conduz, É sempre o mesmo dédalo quc encontra, E é sempre o Minotauro Que enfrenta e que domina. — O mesmo Minotauro que devora Cada hora Que o secreto destino lhe destina. Miguel Torga, Câmara ardente (Coimbra, 1962) Poesia Completa (Dom Quixote, 2000), p. 618. 32 S. Leonardo de Galafura À proa de um navio de penedos, A navegar num doce mar de mosto, Capitão no seu posto De comando, S.

831. 42 Requiem por mim Aproxima-se o fim. E tenho pena de acabar assim, Em vez de natureza consumada, Ruína humana. Inválido do corpo E tolhido da alma. Morto em todos os órgãos e sentidos. Longo foi o caminho e desmedidos Os sonhos que nele tive. Mas ninguém vive Contra as leis do destino. E o destino não quis Que eu me cumprisse como porfiei, E caísse de pé, num desafio. Rio feliz a ir de encontro ao mar Desaguar, E, em largo oceano, eternizar O seu esplendor torrencial de rio. Miguel Torga, Diário XVI (Coimbra, 1993) Poesia Completa (Dom Quixote, 2000), p.

Download PDF sample

Antologia de poemas de Miguel Torga by José Ribeiro Ferreira


by George
4.0

Rated 4.02 of 5 – based on 31 votes